18/1/19
 
 
A volta ao mundo rock faz-se com 80 vídeos

A volta ao mundo rock faz-se com 80 vídeos

Ana Tomás 30/05/2015 11:43

Portugal é a primeira etapa internacional do projecto Around The World in 80 Music Videos.

A Casa Independente foi ontem uma autêntica casa ocupada. Não é que não o seja, mas por norma a ocupação acontece mais tarde. Esta sexta-feira, às 11h já havia gente de copo na mão, a dançar ou em amena cavaqueira. Curiosamente, os menos descontraídos eram os Linda Martini. Esta história tem no entanto tanto de verdade como de mentira. Isto porque apesar de a manhã se ter passado assim, a diferença de postura foi ensaiada (e desde logo denunciada pelos projectores no cimo das escadas) com um propósito: a gravação do novo vídeo da banda portuguesa, assinado projecto brasileiro Around The World in 80 Music Videos.

O rebuliço pressentiu-se antes de entrarmos no número 45 do Intendente, como se Santo António tivesse chegado mais cedo. Só que nesta festa todos tinham lugar marcado. Foi difícil saber de onde observar a rodagem do vídeo para o tema “Dez Tostões”, porque ela correu os cantos todos à casa, num plano sequência que começa com a entrada no edifício.

O conceito, criado por Diana Boccara e Leo Longo – a dupla responsável por Around The World in 80 Music Videos –, opõe a descontracção dos figurantes à postura rígida e robótica de André Henriques, Cláudia Guerreiro, Hélio Morais e Pedro Geraldes. A banda aparece vestida de branco, enquanto os outros se misturam entre cores e movimentos. “A ideia é a câmara ir e voltar, entrar pela casa e ir encontrando todos os elementos da banda, que contrastam com as outras pessoas e que estão a fazer gestos repetitivos. No regresso da câmara, a casa fica vazia”, diz Diana Boccara.
Seguimos pelos corredores, espreitando o que acontece sala a sala. Os cerca de 40 figurantes dividem-se, recriando os ambientes próprios de uma festa. Dançam, bebem, fumam à varanda, sentam-se nos sofás à conversa ou jogam às cartas. Há o barulho da descontracção que não pode ser ensaiada, mas que aqui até faz parte do filme, e o depois o tom mais profissional, da voz colocada de Diana e Leo quando chega a altura de dar instruções, e que nos lembra o real motivo deste encontro.

Empurrar o grupo maior para fora das salas o mais depressa possível, para esvaziar os espaços e criar as cenas finais apenas com os membros da banda, obriga a uma ginástica bem coordenada. “Todo o mundo lá fora. Lá fora!”, grita Leo. No entanto, isso não quer dizer que os Linda Martini tenham a vida mais facilitada. Numa das cenas, André Henriques e Hélio Morais têm de trocar de lugar num ápice, enquanto a câmara foca outro ângulo da sala. Os movimentos repetitivos que os músicos têm de fazer ao longo do vídeo também requerem uma concentração especial e algum treino. Até porque a certa altura passam de uns para os outros e o papel repete-se, mas já com um actor diferente. Não é fácil encarnar uma personalidade robotizada, mesmo apenas por segundos. Arranjam-se alguns truques para que a sucessão do mesmo movimento seja reproduzida o mais fielmente possível. Mas neste caso isso é feito de forma descontraída e com entreajuda, tanto dentro da própria banda como através das indicações de quem dirige, criando, por exemplo, “uma métrica interessante”, como pede Leo às tantas. Ou como quando Cláudia Guerreiro tenta ajudar Pedro Geraldes. “Porque é que não viras antes a cabeça assim quando fazes o risco?”, sugere.

A dupla brasileira costuma gravar em quatro ou cinco takes. E neste caso a contagem não se desviou muito, só as horas e os minutos estimados para que tudo estivesse terminado é que acabaram por não bater certo, porque há sempre ajustamentos a fazer, uma peça fora do lugar, ou um olhar directo para a câmara que não devia acontecer e só se percebe nas derradeiras provas. Mesmo assim, não houve grandes deslizes.

Pelo meio de toda esta azáfama ainda conseguimos ficar a conhecer um pouco melhor este projecto inédito de partir mundo fora à procura de bandas rock para gravar videoclipes. A etapa internacional de Around The World in 80 Music Videos começou aqui em Portugal, depois de trabalho feito no Brasil. Além dos Linda Martini, conta-nos Diana, também Noiserv e Frankie Chavez gravaram vídeos com a dupla. No caso de Noiserv, cujo vídeo é lançado a 8 de Junho, a ideia do clip é da sua autoria, sendo o processo de criação trabalhado em conjunto, como de resto é apanágio de Diana e Leo. Na próxima semana é a vez dos Capitão Fausto.

Entretanto termina-se o último take, com receio de que seja necessária mais uma tentativa, enquanto alguns figurantes saem rumo a outros compromissos. Hora de ver o resultado, na primeira mostra antes dos acertos pós-produção. No fim, aplausos de todos para todos.

Os agradecimentos e os abraços dizem “missão cumprida”. Falta só pôr o vídeo no ar. Ou melhor, na rede. 22 de Junho é a data marcada para ver o resultado na página do projecto brasileiro e para o lançamento do single.

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×