10/12/18
 
 
Rui Miguel Tovar 30/05/2015
Rui Miguel Tovar
Desporto

rui.tovar@ionline.pt
@ruimtovar

Sporting desiste da Taça de Portugal

30 de Maio de 1953. O Sporting é campeão nacional em 1952-53 e legítimo candidato à conquista da Taça de Portugal. 

A equpa do segundo tricampeonato, mas que faltaria ao jogo da Taça de Portugal 

No Lumiar, a 24 de Maio, 2-2 (Patalino e Paola anulam a vantagem momentânea de Travaços e Albano).

Em Évora, uma semana mais tarde, não há jogo. Como assim? 

O Sporting entra em estágio em Vale de Lobo e não comparece à segunda mão, alegando incompatibilidades de calendário.

Na condição de campeão, os leões qualificam-se automaticamente para a Taça Latina, precursora da Taça dos Campeões e agendada para Lisboa, entre os dias 4 e 6 de Junho.

É este o troféu que os sportinguistas ambicionam mas corre-lhes mal: eliminados logo nas meias-finais pelo Milan (4-3, após prolongamento), salvam o terceiro lugar (4-1 ao Valencia).

A Taça de Portugal, essa, voa para o Benfica (5-0 ao FC Porto, com hat-trick de Arsénio).

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×