18/9/18
 
 
Cronologia

Cronologia

Joana Azevedo Viana 15/05/2015 19:42

1969

Exército britânico é destacado para várias cidades da Irlanda do Norte

1971  
Começam detenções em massa sem julgamento ou acusações, que geram violentos protestos

1972  
O ano mais sangrento do conflito, com episódios como o de 30 de Janeiro, conhecido como Bloody Sunday, em que 13 civis que se manifestavam pacificamente são mortos pelo exército britânico. A 21 de Julho chega a represália, a Bloody Friday, em que o IRA mata 9 pessoas e faz 130 feridos num ataque à bomba em Belfast

A partir de 1974  
IRA reforça luta armada. Em Novembro, o Reino Unido aprova o Acto de Prevenção do Terrorismo

1980  
Sete prisioneiros republicanos iniciam greve de fome na prisão de Maze

1981  
A morte de um deles, Bobby Sands, alimenta crescente apoio ao Sinn Fein, o braço político do IRA

1985  
Assinado o Acordo Anglo-Irlandês, que dá a Dublin mais poder de intervenção

1993  
Governo britânico assina declaração que dá ao povo da Irlanda do Norte poder de influência no próprio futuro

1994  
Processo de paz recebe forte apoio quando o Sinn Fein entra nas negociações e o IRA declara um cessar-fogo

1996  
Conversações de paz são suspensas quando IRA detona bombas em Canary Wharf

2005  
IRA anuncia o fim da luta armada e a entrega das armas

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×