22/10/17
 
 
Câmara de Lisboa aprova residência universitária no Intendente

Câmara de Lisboa aprova residência universitária no Intendente

26/03/2014 00:00
Os vereadores do PCP mostraram-se muito críticos com uma possível gestão privada da residência, com João Ferreira a temer que seja “acessível apenas a alguns privilegiados”

A Câmara de Lisboa aprovou hoje com a abstenção do PCP a construção de uma residência universitária no Intendente, considerada “da maior importância” para aquela zona pelo presidente António Costa.

“A residência, seja de quem seja, é da maior importância para a revitalização do Intendente porque a introdução de 200 quartos para estudantes é o maior contributo que podemos dar para a revitalização definitiva daquela zona”, disse António Costa (PS).

Os vereadores do PCP mostraram-se muito críticos com uma possível gestão privada da residência, com João Ferreira a temer que seja “acessível apenas a alguns privilegiados”.

“Para os estudantes será diferente [a gestão], nomeadamente em termos de preço. Se a ideia é trazer estudantes estrangeiros a preços faraónicos, seguramente esse não é o nosso caminho”, frisou Carlos Moura (PCP).

Por seu lado, António Prôa (PSD) considerou que o importante é que os “estudantes se fixem na cidade de Lisboa”.

“Não me importa se é pública ou privada, importa-me que haja boa gestão para quem se aloje naquele equipamento”, acrescentou.

O vereador Fernando Seara (PSD) afirmou que teve a garantia do reitor da Universidade de Lisboa (UL) que a gestão da residência será assumida e gerida pela UL.

No final, António Costa lembrou aos vereadores que o papel da câmara é apreciar o licenciamento urbanístico de uma obra e não condicionar o seu funcionamento.

“Há coisas que competem ao poder público, outras não. Quando nos aparece uma proposta num sítio que para nós é como pão para a boca, o que devemos fazer é procurar acelerar. Queremos uma cidade viva. Não podemos andar a empatar a vida a quem quer investir de acordo com as regras”, frisou.

*Este artigo foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico aplicado pela agência Lusa

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

Não tem utilizador? Clique aqui para registar

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×