21/1/19
 
 
Socialista Ricardo Rodrigues ganha eleições em Vila Franca do Campo

Socialista Ricardo Rodrigues ganha eleições em Vila Franca do Campo

20/10/2013 00:00
Ricardo Rodrigues recolheu 49,27% dos votos

O socialista Ricardo Rodrigues foi hoje eleito presidente da Câmara de Vila Franca do Campo, nos Açores, onde foram repetidas as eleições de 29 de setembro, por decisão do Tribunal Constitucional.

Ricardo Rodrigues recolheu 49,27% dos votos e quatro mandatos no executivo da Câmara de Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel, ficando assim os socialistas com maioria absoluta.

A candidatura da coligação PSD/PPM conseguiu 41,06% dos votos e três vereadores, o movimento independente Novo Rumo teve 7,33% dos votos e a CDU, 0,67%.

A 29 de setembro, na eleição que foi anulada, Ricardo Rodrigues tinha também ganhado, mas com minoria (44,13% dos votos e três mandatos). O PSD/PPM tinha conseguido 38,58% (três vereadores), os independentes do Novo Rumo 11,68% (um mandato) e a CDU 2,49% dos votos.

A abstenção hoje foi 39,9% e a 29 de setembro tinha sido tinha sido ligeiramente superior, 40,11%. Estavam inscritos 10.453 eleitores.

Os boletins de voto para a eleição para a câmara de Vila Franca do Campo do dia 29 de setembro não tinham os quadrados para colocar a cruz à frente de duas candidaturas (PSD/PPM e Novo Rumo), tendo sido feitos à mão nas mesas de voto.

Na sequência de um recurso da candidatura do PSD/PPM, encabeçada por Rui Melo, o Tribunal Constitucional anulou a votação, ordenando a sua repetição.

O PS confirma assim o reforço do seu domínio autárquico dos Açores, elevando de 12 para 13 o número de câmaras socialistas no arquipélago, onde existe um total de 19 concelhos.

Falando a apoiantes na escadaria do edifício da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, Ricardo Rodrigues, que é deputado na Assembleia da República, considerou que a vitória de hoje, com maioria absoluta, foi uma "lição para aqueles que não souberam perder da primeira vez".

Agradecendo a todos os que voltaram a votar, sublinhou que foram "todos úteis à democracia e a Vila Franca do Campo".

"A partir de hoje somos todos vilafranquenses", acrescentou em seguida, num discurso de vitória em que esteve ladeado pelo presidente do PS/Açores e do Governo Regional, Vasco Cordeiro, e pelo anterior chefe do executivo açoriano e presidente honorário do partido, Carlos César.

Dizendo que agora é o momento de trabalhar, Ricardo Rodrigues repetiu algumas vezes que Vila Franca do Campo precisa de harmonia, paz e unidade, afirmando ainda que as "calúnias" e "processos de intenções" de que foi alvo só lhe deram e dão "mais força".

 *Este artigo foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×