Gaza. Ataque que atingiu escola matou pelo menos 37 pessoas

Gaza. Ataque que atingiu escola matou pelo menos 37 pessoas


O ataque, que aconteceu durante a madrugada, foi reivindicado pelo exército israelita.


O hospital Al-Aqsa de Deir el-Balah, no centro da Faixa de Gaza, anunciou esta quinta-feira um novo balanço de 37 mortos no seguimento de um ataque israelita que atingiu uma escola da ONU para os refugiados palestinianos (UNRWA), esta madrugada.  

O ataque, que aconteceu durante a madrugada, foi reivindicado pelo exército israelita, dizendo ter sido um “ataque preciso a uma base do Hamas situada no interior de uma escola da UNRWA na região de Nousseirat” (centro), que eliminou “vários terroristas”. 

O número anterior de mortos, indicado pelo gabinete de imprensa do Hamas, era de 27. 

Os militares israelitas afirmaram que os “militantes do Hamas” estavam a atuar a partir do interior da escola, sendo este o motivo do ataque.  

Israel levou a cabo uma nova ofensiva contra vários campos de refugiados em Gaza, alegando que vários militantes do Hamas se encontram nessas zonas.