Protesto PSP. Cerca de 60 agentes do Aeroporto de Lisboa puseram baixa

Protesto PSP. Cerca de 60 agentes do Aeroporto de Lisboa puseram baixa


Direção PSP garante que não está em causa segurança aeroportuária ou controlo de fronteiras.


O controlo aeroportuário já está a ser afetado pelos protestos dos polícias, que levou a um aumento das baixas apresentadas pelos agentes, como o Nascer do Sol já tinha avançado que poderia acontecer.

Esta terça-feira, cerca de 60 agentes da PSP apresentaram baixa médica, segundo a Associação Sindical dos Profissionais de Polícia (ASPP).

A Direção Nacional da PSP confirmou que há “alguns” agentes de baixa no controlo aeroportuário, que passou para a responsabilidade da PSP após a extinção do SEF, mas que nem a segurança ou o controlo de fronteiras estão comprometidos.

Sublinhe-se que já no sábado, após o cancelamento do jogo Famalicão-Sporting devido à falta de efetivos policiais, o Nascer do Sol tinha avançado que os agentes da PSP estavam a preparar novas formas de luta e que a segurança aeroportuária seria o passo seguinte.

“Os polícias nos aeroportos estão no limite. Olham para trás e veem o que os elementos do SEF ganhavam pelo mesmo trabalho.  Se pararem vai ser um péssimo cartão de visita para o país, pois é pelos aeroportos que entram 90% dos turistas”, alertava, recentemente, um superintendente ao jornal.

{relacionados}