‘Grândola, Vila Morena’, é candidata a Património Nacional

‘Grândola, Vila Morena’, é candidata a Património Nacional


A canção de José Afonso foi uma das duas senhas utilizadas pelos militares na revolução de 25 de abril. 


'Grândola, Vila Morena', a canção de Zeca Afonso que foi utilizada como senha pelos militares que fizeram a revolução de 25 de abril de 1974, irá ser candidata a Património Nacional.

A oficialização da candidatura será na quarta-feira, dia 29 de novembro, na Casa do Alentejo, em Lisboa, pelas 15h. A candidatura surge no seguimento dos 50 anos da revolução, que se assinalam em abril próximo.

Na cerimónia irão estar presentes o presidente da câmara de Grândola, António Figueira Mendes, a diretora regional de cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, o comandante Carlos Almada Contreiras, responsável pela utilização de 'Grândola, Vila Morena' como senha, Paulo de Carvalho, intérprete de 'E Depois do Adeus', outra das senhas utilizadas pelos militares, e ainda André Carrilho.