Governo prevê crescimento económico de 2,2%

Governo prevê crescimento económico de 2,2%


Crescimento é revisto em alta, mas Governo está mais pessimista no que diz respeito à inflação que deverá chegar aos 5,3% este ano e aos 3,3% em 2024.


O Governo prevê um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,2% este ano e de 1,5% no próximo, segundo as previsões presentes na proposta orçamental.

Estes valores representam uma revisão em alta para este ano face aos 1,8% previstos no Programa de Estabilidade, mas em baixa face aos 2% para 2024.

“O crescimento do PIB para 2023 reflete contributos positivos da procura externa líquida (1,2 pp) e da procura interna (1 pp). Pese embora a desaceleração nos mercados externos que tem vindo a acentuar-se ao longo do ano, as exportações de bens e serviços deverão crescer 4,3%, acima das importações (1,8%)”, lê-se no relatório.

No que diz respeito à inflação, o Governo está mais pessimista. Assim, prevê que a taxa caia de 8,1% em 2022 para 5,3% em 2023 e 3,3% em 2024.

O documento dá ainda nota de que o Governo prevê atingir o melhor saldo orçamental da história da democracia este ano e aponta para um excedente de 0,8% do PIB e 0,2% em 2024.

Esta previsão representa uma melhoria face ao défice de 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano e de 0,2% para 2024, projetada no Programa de Estabilidade.