Fogos em Odemira, Cinfães e Leiria dão luta aos bombeiros

Fogos em Odemira, Cinfães e Leiria dão luta aos bombeiros


O mais crítico é o fogo de Odemira, que deflagrou no sábado, e que obrigou à deslocação preventiva de cerca de 1.400 pessoas.


A manhã desta terça-feira está a ficar marcada pelo combate a três incêndios, em Odemira, Cinfães e Leiria.  

O mais crítico é o fogo de Odemira, que deflagrou no sábado, e que obrigou à deslocação preventiva de cerca de 1.400 pessoas. Estava, às 7h30, a ser combatido por 841 operacionais, apoiados por 284 viaturas, de acordo coma Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC). 

Por sua vez, o fogo que eclodiu ontem à tarde na localidade de Arrabal, em Leiria, e que obrigou ao corte da A1, era o que mais meios mobilizava pelas 7h30, com um total de 138 operacionais, apoiados por 43 viaturas. 

Ontem à tarde, também deflagrou um outro incêndio, desta vez em São Cristóvão de Nogueira, no concelho de Cinfães, distrito de Viseu. À mesma hora, mobilizava ainda 62 operacionais, apoiados por 17 viaturas.