Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica


Domingos Soares de Oliveira e Rui Costa acharam que seria melhor para o Benfica e para a sua estabilidade, deixar acabar a época desportiva para depois se finalizarem os termos do acordo de saída do co-CEO.


A saída oficial de Domingos Soares de Oliveira, co-CEO da Benfica SAD, será no dia 30 de junho, depois de ter chegado ao clube em 2006 pelas mãos de Luís Filipe Vieira.

A decisão de saída foi tomada em reunião dos órgãos sociais, depois de o Ministério Público ter acusado a SAD do Benfica, a Benfica Estádio, Luís Filipe Vieira, Soares de Oliveira e mais quatro arguidos e uma empresa de crimes de fraude fiscal e falsificação de documentos, no âmbito do processo Saco Azul.

Domingos Soares de Oliveira e Rui Costa acharam que seria melhor para o Benfica e para a sua estabilidade, deixar acabar a época desportiva para depois se finalizarem os termos do acordo de saída do co-CEO.

A sua próxima etapa profissional deve passar pelo Brasil, de onde já recebeu vários convites.