EUA envia para a Coreia do Sul submarino nuclear capaz de lançar mísseis guiados

EUA envia para a Coreia do Sul submarino nuclear capaz de lançar mísseis guiados


O USS Michigan, com 170 metros de comprimento e 18.000 toneladas de peso, tem capacidade para transportar 154 mísseis de cruzeiro Tomahawk, com um alcance de 2.500 quilómetros.


A Coreia do Sul recebeu esta sexta-feira dos EUA um submarino de nuclear e capaz de lançar mísseis guiados, no âmbito dos recentes compromissos de defesa assumidos por Washington com Seul.

O USS Michigan chegou ao porto de Busan, a 320 quilómetros a sudeste de Seul, informou o Ministério da Defesa sul-coreano, em comunicado.

É a primeira vez em seis anos que um submarino deste tipo chega a um porto sul-coreano, numa demonstração do compromisso de reforço dos mecanismos de dissuasão contra a Coreia do Norte, assumido pelo Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

A visita do USS Michigan à Coreia do Sul "tem como objetivo implementar substancialmente o que foi acordado na declaração de Washington, feita em abril, para aumentar a visibilidade regular dos meios estratégicos na península coreana", referiu o vice-almirante Kim Myung-soo, na mesma nota.

A chegada do submarino "demonstra as capacidades esmagadoras e a prontidão da aliança entre a República da Coreia [nome oficial do país] e os EUA para alcançar a paz através da força", acrescentou.

O USS Michigan, com 170 metros de comprimento e 18.000 toneladas de peso, tem capacidade para transportar 154 mísseis de cruzeiro Tomahawk, com um alcance de 2.500 quilómetros.

O submarino permanecerá em águas sul-coreanas até 22 de junho, de acordo com a agência de notícias sul-coreana Yonhap.