Lusodescendente Jack Teixeira fica detido até ao julgamento

Lusodescendente Jack Teixeira fica detido até ao julgamento


Foi ouvido esta sexta-feira no tribunal de Boston.


O lusodescendente Jack Teixeira foi, esta sexta-feira, formalmente acusado de desviar documentos confidenciais norte-americanos sem autorização.

Jack Teixeira, neto de portugueses, foi ouvido no tribunal de Boston e ficará detido preventivamente até ao início do seu julgamento a 19 de abril.

Recorde-se que o lusodescendente, de 21 anos, era membro da na Guarda Nacional e terá partilhado documentos secretos do Pentágono numa plataforma online, alegadamente para impressionar outros jovens com quem falava na internet.