Serviços de gestão de condomínios. Preços dispararam entre 3% a 25%

Serviços de gestão de condomínios. Preços dispararam entre 3% a 25%


Procura de serviços de gestão de condomínios sobe 60% em Portugal.


Os proprietários de imóveis, na sequência da inflação, vão ver os preços associados aos serviços de gestão de condomínio disparar entre 3% a 25% face a 2022, segundo uma análise da Fixando, sobre a procura e custos de serviços dos condomínios, realizada entre os dias 1 de janeiro e 15 de fevereiro, junto de 12.500 utilizadores. 

Estes números “surgem num período do ano em que, no seguimento das reuniões de condomínio, muitos proprietários recorrem à contratação de serviços para obras de remodelação (aumento da procura de 83% entre 1 de janeiro e 15 de fevereiro, face às 6 semanas anteriores), jardinagem (+134%), pinturas (+500%) ou obras de canalização (+75%)”, mostram os dados.

Já as obras de remodelação contratadas através da Fixando registam agora, em 2023, um preço médio por serviço de 3500 euros, enquanto em 2022 a média de preços praticados era de 3475 euros. A pintura de exteriores mantém o preço de 1400 euros por fração, enquanto os serviços de canalização subiram de uma média de 72 euros por hora em 2022, para 90 euros por hora nos primeiros dois meses deste ano.

E também os serviços de jardinagem registam um preço médio por serviço superior ao do ano passado (100 euros vs 94 euros). Já a inspeção e remoção de bolor aumentou de 253 euros por serviço, para 280 euros.

A análise da plataforma revela ainda que, em janeiro e fevereiro deste ano, a procura por serviços de Gestão de Condomínios aumentou em 60%, face ao mesmo período do ano passado.

De acordo com a procura registada este ano, as necessidades dos proprietários que recorrem a serviços de gestão de condomínios recaem sobre tarefas administrativas (93%), gestão financeira (85%), limpeza de áreas comuns (64%) e serviços de jardinagem (9%).