Portimão. “Não se verificou nenhum caso que tivesse origem na Fórmula 1”, garante autarca

Portimão. “Não se verificou nenhum caso que tivesse origem na Fórmula 1”, garante autarca


Presidente da câmara diz que informação foi confirmada pelas autoridades de saúde.


A presidente da Câmara de Portimão, Isilda Gomes, garantiu que o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, que decorreu no Autódromo Internacional da cidade, não teve qualquer impacto na evolução epidemiológica da covid-19 do concelho.

"Não se verificou nenhum caso que tivesse origem na Fórmula 1", disse Isilda Gomes, em declarações à SIC Notícias.

De acordo com a autarca, esta informação foi confirmada pela Autoridade de Saúde Regional e pela Autoridade de Saúde Local.

"[A Fórmula 1] não teve nenhuma implicação no aumento do número de casos", reiterou Isilda Gomes, lamentado ainda a ausência de publico no campeonato de Moto GP. "O sucesso do Moto GP implicava que tivéssemos público. Mas, naturalmente, que não podemos ter", rematou.

Recorde-se que, no passado mês de outubro, Portimão recebeu p Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1. No entanto, o evento gerou polémica face ao número de pessoas presentes nas bancadas e a falta de distanciamento social, numa altura em que o país enfrenta os piores números da pandemia.

O concelho de Portimão foi um dos 77 que entraram esta quinta-feira para a lista de concelhos sujeitos a restrições.