Disponibilizava acesso a conteúdos pornográficos para burlas através do MBWAY. Foi detido

Disponibilizava acesso a conteúdos pornográficos para burlas através do MBWAY. Foi detido


Suspeito disponibilizava o acesso a conteúdos de cariz sexual/pornográfico nas redes sociais e exigia o pagamento através da aplicação MBWAY.


A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 36 anos, pela presumível autoria dos crimes de burla informática e nas comunicações e burla qualificada, praticados de forma continuada, nos últimos meses.

Em comunicado, esta quarta-feira, a autoridade revela que o suspeito, através das redes sociais, disponibilizava o acesso a conteúdos de cariz sexual/pornográfico e exigia o pagamento através da aplicação MBWAY.

“O desconhecimento do funcionamento daquela aplicação levava a que os ofendidos fornecessem, inadvertidamente, o acesso à sua conta bancária que a partir daquela altura era movimentada pelo suspeito que desta forma se apoderou de várias dezenas de milhar de euros”, explica a PJ.

A detenção ocorreu no âmbito de uma investigação tutelada pelo Ministério Público do DIAP de Faro.

O detido, serralheiro, com antecedentes criminais, vai ser presente a interrogatório Judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.