EDP. Mexia diz que não ‘pondera demissão’

EDP. Mexia diz que não ‘pondera demissão’


“Não houve nenhum benefício para a EDP entre 2004 e 2007” 


O Presidente da EDP, António Mexia, garantiu esta terça-feira que “não pondera a demissão” depois de ter sido constituído arguido na investigação das rendas energéticas.

O responsável garantiu ainda que “ não houve nenhum benefício para a EDP entre 2004 e 2007” e recorda que este processo já foi investigado e arquivado pela Comissão Europeia.

Bruxelas concluiu que a compensação paga era compatível com as condições de mercado e, segundo o presidente da EDP, “ não fomos nós que fixamos os valores”.