Haitong avança com reestruturação já em março

Haitong avança com reestruturação já em março


Banco de investimento assume uma clara aposta nos mercados emergentes e na sua estreita relação com a China.


O Haitong Bank vai arrancar já em março com um plano de reestruturação global, tendo em vista centrar o negócio do antigo BESI na banca de investimento, mercados e investimentos alternativos, com uma clara aposta nos mercados emergentes e na sua estreita relação com a China.

Estas alterações surgem após as mudanças na liderança executiva do banco de investimento no final do ano passado com a saída de José Maria Ricciardi ao assumir divergências com o presidente do conselho de administração, Hiroki Miyazato, que passou a acumular as funções de CEO.

O plano, denominado Haitong Bank 2025, "aposta claramente nos mercados emergentes e na sua estreita relação com a China, bem como no crescente reforço da capacidade de distribuição dos seus produtos financeiros através das suas principais plataformas, sendo estas, Londres, Nova Iorque e Xangai", explica.

O banco diz ainda que "tem vindo a construir uma estratégia de gestão que aposta fortemente nos seus laços com a China, sendo este um dos elementos  diferenciadores da sua oferta de serviços".