Morreu Guilherme Pinto

Morreu Guilherme Pinto


Presidente da câmara de Matosinhos faleceu esta madrugada vítima de doença prolongada


O presidente da Câmara de Matosinhos, Guilherme Pinto, morreu hoje de madrugada.

"A Câmara Municipal de Matosinhos comunica, com profundo pesar, que o presidente Guilherme Pinto faleceu esta madrugada, vítima de doença prolongada. Guilherme Pinto morreu em casa, junto da família e de modo tranquilo, após mais de dois anos de luta contra a doença", refere um comunicado da câmara de Matosinhos.

Guilherme Pinto apresentou no início da semana o pedido de renúncia ao mandato, devido ao seu estado de saúde. A decisão produziria efeito a partir de 1 de fevereiro.

Guilherme Pinto desfiliou-se do PS em 2013 por divergências sobre a escolha do candidato à câmara de Matosinhos. Foi eleito como independente e voltou a filiar-se no PS há uns dias. "Algo que só foi possível graças a António Costa e à relação excepcional que mantenho com ele", disse, na quarta-feira, em comunicado. 

A socialista Edite Estrela destaca "a enorme coragem" do autarca. "Na última semana, saudei o gesto simbólico, mas de grande significado político, de regresso ao PS. Hoje, relembro o autarca empreendedor e a sua notável obra, o político coerente, o socialista fiel aos princípios e ideário do PS , o amigo generoso e solidário. A morte do Guilherme deixa-nos mais pobres e mais tristes".