Guterres já é secretário-geral das Nações Unidas

Guterres já é secretário-geral das Nações Unidas


Representantes dos 193 estados-membros assistem à cerimónia das Nações Unidas 


Às 16.35, hora de Lisboa, António Guterres tornou-se secretário-geral das Nações Unidas. O ex-primeiro-ministro português jurou com a mão direita levantada e a esquerda pousada sobre a Carta das Nações Unidas, perante o presidente da Assembleia Geral da ONU. “Eu, António Guterres, juro solenemente exercer com toda a lealdade, em consciência, todas as funções que me são confiadas enquanto secretário-geral da ONU”. Guterres jurou desempenhar a função e “orientar a sua conduta sempre e só na pespectiva dos interesses das Nações Unidas” e “nunca aceitar instruções de qualquer governo ou de qualquer autoridade na posição de secretário-geral da ONU”.