Relacionamentos. 5 dicas para dar-se bem com os sogros

Relacionamentos. 5 dicas para dar-se bem com os sogros


Conselhos de uma psicóloga que podem fazer toda a diferença


Há uma coisa que não vai poder descartar do seu relacionamento: os sogros. Independentemente de o seu companheiro ter um relacionamento próximo com os pais ou só os ver de vez em quando, a ligação entre eles afeta a vida de todos. E uma vez que afeta a vida do seu parceiro, isso significa que vai ter impacto na sua relação.

Mas isso não quer dizer que seja tarefa fácil. Seja porque nunca foram recetivos consigo, seja porque simplesmente são muito diferentes de si, é importante (pelo menos tentar) fazer um esforço para se dar bem com eles.

A psicóloga norte-americana Leslie Becker-Phelps, através do site WebMD, deixa-lhe algumas dicas para melhorar a relação com os pais do seu companheiro.

1. Seja observador: no próximo almoço/jantar/reunião familiar, preste atenção à dinâmica entre os membros da família do seu companheiro. Caso haja alguma tensão entre o seu parceiro e os pais, é importante apoiá-lo, mas tente também ver o lado dos seus sogros. Assim, se ele pedir a sua opinião, pode dar-lhe uma perspetiva objetiva da situação.

2. Tente passar mais tempo com os seus sogros: ter momentos agradáveis com os seus sogros vai ajudar a melhorar o relacionamento entre todos. Pondere quanto tempo gostaria de passar com eles e que atividades poderiam fazer juntos – vai ver que só tem a ganhar com isso. E estamos a falar de estar com os sogros quer na presença do seu companheiro, quer sozinha com eles.

3. Tenha uma atitude positiva: quanto maior respeito houver entre si e os seus sogros, melhor será a vossa relação – e isto não quer dizer que tenha de ter uma ligação emocional com eles. Tente olhar para os pontos positivos, como por exemplos, gostos ou ideias que tenham em comum e evite ao máximo os conflitos emocionais.

4. Não arranje conflitos desnecessários: mesmo que não concorde com as atitudes ou com o tipo de vida que os seus sogros levam, não arranje conflitos. A verdade é que não vai conseguir mudá-los. Tente agir com naturalidade e não dê importância ao que eles fazem – a não ser que seja algo extremamente grave.

5. Mantenham-se unidos: acima de tudo, é muito importante que haja uma união entre si e o seu companheiro. Para vosso bem, comuniquem e tomem decisões em conjunto. Caso a relação com os sogros seja complicada, o melhor é trabalharem em equipa para que o vosso relacionamento não seja afetado.