Miss América. O pedido de desculpas a Vanessa Williams 32 anos depois

Miss América. O pedido de desculpas a Vanessa Williams 32 anos depois


Sam Haskel aproveitou ainda a ocasião para convidá-la para ser presidente do júri na edição do próximo ano.


A organização do concurso Miss América pediu desculpas a Vanessa Williams por ter obrigado a que renunciasse ao título, há 32 anos.

A actriz venceu a edição de 1983, tornando-se na primeira afro-americana a ser coroada Miss América. Dez meses depois foi obrigada a entregar a coroa por ter posado nua, para a “Penthouse”.

As fotos, que lhe tiraram a coroa podem ser vistas aqui, foram publicadas sem a sua autorização, mas nem isso serviu para ser perdoada.

Agora, mais de três décadas depois, Sam Haskel III, CEO do concurso, pediu publicamente desculpas a Williams, durante a apresentação da última edição de Miss América, no Boardwalk Hall Arena, em Atlantic City.

O CEO aproveitou ainda a ocasião para convidá-la para ser Júri Presidente na edição do próximo ano, data em que o concurso comemora 95 anos.

Surpresa, Vanessa Williams aceitou o pedido de desculpas e o convite. “Eu fiz o melhor que pude durante o meu curto reinado como Miss America 1984, em nome da minha família e da minha mãe em particular. Sinto-me muito honrada por estar de volta", disse a também cantora, de 53 anos.

"Estamos muito contentes em dar-lhe as boas-vindas e recebê-la 'em casa' como nossa principal jurada", confessou a organização do concurso.