Deputada argentina amamenta a filha no parlamento e as mães aplaudem

Deputada argentina amamenta a filha no parlamento e as mães aplaudem


Victoria Donda Pérez foi fotografada a amamentar a filha durante uma sessão no congresso, “como uma mãe normal”. E a foto ficou viral.


É a fotografia do momento na Argentina. E não só. A imagem de Pérez a amamentar a filha Trilce durante uma sessão parlamentar foi rapidamente parar às redes sociais. Mulheres, mães e movimentos feministas já vieram aplaudir a atitude (e a coragem) desta mãe argentina. Mas a deputada também não se livrou de algumas críticas.

A imagem foi tirada durante uma sessão do Congresso Nacional da Argentina e mostra a Pérez, de 37 anos, a amamentar a filha de oito meses.

A defesa pelo acto de Victoria Pérez chegou rápida, por defender que a amamentação não tem de ser alvo de nenhum tipo de constrangimento. Mas houve também quem defendesse que se trata de um comportamento inadequado, especialmente por se tratar de algo que aconteceu num sítio tão circunspecto como o parlamento.

O momento tão ternurento como de multitarefas de Pérez foi captado por uma câmara de televisão e foi um jornal peruano que deu destaque à história, até esta se transformar num assunto mundial.

Esta não foi a primeria vez que a deputada levou a filha Trilce para o parlamento. E já o tinha feito em cerimónias oficiais, como na recepção ao presidente da Bolívia, Evo Morales.

É uma imagem controversa, mas é mais uma a tentar derrubar uma barreira, mesmo que seja às custas de ter de mostrar os seios em locais públicos (para tentar banalizar um acto maternal).

Até o Papa Francisco levou o debate a outro nível, quando insistiu com as enfermeiras da Capela Sistina para amamentarem os seus filhos. "Amamentem os vossos filhos e mesmo aqui, quando choram por terem fome, precisam de mamar, não se preocupem", disse.

Pérez não quis liderar nenhuma causa, mas desde que começou a ser falada e a circular pela Internet, tornou-se um exemplo para toda as mães que amamentem os filhos.