Norte: A crise foi uma “inoportunidade” para a região – presidente da CCDRN


Porto, 19 dez (Lusa) — O presidente da CCDRN, Carlos Lage, afirmou hoje que para a região Norte “a crise foi uma inoportunidade” e apelou a “uma tomada de consciência regional na sua dimensão pol


Porto, 19 dez (Lusa) — O presidente da CCDRN, Carlos Lage, afirmou hoje que para a região Norte “a crise foi uma inoportunidade” e apelou a “uma tomada de consciência regional na sua dimensão política e cultural”.


Na abertura do encontro anual para apresentação da aplicação do Programa Operacional Regional do Norte (ON.2), Carlos Lage disse que “a regeneração económica regional, após vários anos de investimento na modernização das suas infraestruturas e de reestruturação do seu tecido produtivo, parecia estar em curso, mas os misteriosos ciclos da atividade económica e financeira vieram apanhar a economia regional num momento em que parecia ressurgir”.


O responsável explicou que, em 2007, o Norte registou a “taxa mais elevada do seu produto desde 1999” e tudo levava a crer que “a economia do Norte tinha ganho fôlego e que se adivinhava uma trajetória de crescimento”. Contudo, “a crise iniciada em 2008 veio manobrar” esta situação.