Gás: ANAREC pede ao Governo “sensibilidade” para apoiar consumidores de gás de botija


Lisboa, 30 set (Lusa) — A Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis (ANAREC) disse hoje que a criação de uma tarifa social para os clientes de gás natural é discriminatória e apelou à ”


Lisboa, 30 set (Lusa) — A Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis (ANAREC) disse hoje que a criação de uma tarifa social para os clientes de gás natural é discriminatória e apelou à “sensibilidade” do Governo para apoiar os consumidores de gás de botija.


“A ANAREC espera que o ministro tenha a mesma sensibilidade para o gás de garrafa”, afirmou à Lusa o presidente da associação, Virgílio Constantino, a propósito da criação de uma tarifa social para o gás natural.


Segundo um diploma hoje publicado em Diário da República, os consumidores de gás natural “economicamente vulneráveis” vão ter um desconto de 13 por cento na tarifa de acesso às redes, que pode ser complementada com o apoio social extraordinário ao consumidor de energia (ASECE).